DEMOKRISIS

A CRISE DA DEMOCRACIA

Friday, October 07, 2005

SEM PERFIL

Há dias, Mário Soares afirmou que Cavaco Silva não tinha perfil presidencial. Ia caindo o Carmo e a Trindade.
Dias depois, Manuel Alegre veio dizer que Cavaco Silva tinha perfil, sim senhor, embora o mais perfilado fosse ele próprio, por ser republicano, laico e socialista.
Cavaco Silva há muito que anda à procura do perfil presidencial e deve estar a sentir muitas dificuldades em encontrá-lo, daí o tabu sobre a sua propalada candidatura. Propalada pelos cavaquistas; silenciada pelo próprio.
Terá ou não Cavaco perfil presidencial?
Para Fernando Pessoa, mais importante do que tudo isto foi Jesus Cristo que não percebia nada de finanças. Ora, é sabido e consabido que se Cavaco Silva sabe alguma coisa é de finanças. Mesmo assim, mais na óptica dos financeiros do que na dos necessitados de financiamento.
Com estes poucos, limitados e tão específicos saberes, Cavaco Silva poderá ter algum perfil para Director-Geral das Finanças, para Secretário de Estado do Orçamento, vá lá para Ministro das Finanças (foi-o durante 180 dias no tempo do Primeiro Ministro Sá Carneiro, fez os jeitos que havia a fazer à política do Governo e logo meteu o rabinho entre as pernas e cavou, indo pregar para outra freguesia) e, no extremo, para Primeiro Ministro (como se sabe, foi primeiro ministro durante dez anos, para mal dos nossos pecados, que ainda hoje estamos todos a pagar as favas). Mas uma coisa é ter perfil para o Governo, a quem cabe “definir as linhas gerais da política governamental, bem como as da sua execução” (art.º 200.º, 1, alínea a) da CRP), pois que é “o órgão de condução da política geral do país e o órgão superior da Administração Pública” (art.º 182.º da CRP); outra coisa é possuir perfil para primeiro magistrado da nação, para Presidente da República, a quem cabe cumprir e fazer cumprir a Constituição, representar a República Portuguesa, garantir a independência nacional, a unidade do Estado e o regular funcionamento das instituições democráticas (art.º 120 da CRP).
Pelo seu passado, Cavaco Silva manifesta um mau e enorme perfil económico-financeiro e uma falha incontornável no universo político e cultural. Com tanta falta de perfil e com uma tão acentuada e específica formação, como poderia Cavaco Silva representar condignamente a República Portuguesa? Com pendor para a intervenção unidimensional, toda ela virada para as matérias económico-financeiras (tarefa que cabe em exclusividade ao Governo), como poderia Cavaco Silva garantir o regular funcionamento das instituições democráticas, ele que, como primeiro ministro, via em qualquer autoridade pública (do Presidente da República ao Procurador-Geral da República) uma força de bloqueio, desde que ousasse discordar um pouco ou tão somente não concordar inteiramente com ele?
Se isto é ter perfil para Presidente da República Portuguesa, vou ali e não volto. Por vergonha.

6 Comments:

  • At 1:06 PM , Blogger Dad said...

    Ás vezes até parece que, uns por umas coisas e outros por outras, não temos portugueses à altura de assumir determinados cargos.E os que são realmente bons, um dia destes também não querem ir a votos... Com esta entrada na Europa ainda um dia destes temos na Presideência um francês, um espanhol ou um alemão - porque estes últimos, então, não conseguem acertar com o novo chanceler. Muito mal vai a política por esta Europa!!!
    Já poucos confiamos em quem quer que seja, tal é o desencanto... e já começo a pensar que a tese de só se candidatarem homens ricos que já não precisem roubar enquanto governantes, começa a fazer, (cruzes!!!...canhoto...) algum sentido...

     
  • At 1:18 PM , Blogger Maria Lagos said...

    Finalmente! Foi preciso aparecer esta fartura de promitentes presidentes para o nosso amigo blogger resolver retormar a actividade bloguista!

    Parabéns e que ganhe o mais honesto e o mais capaz para nos ajudar a safar dos problemas que nos cercam por todos os lados,das inépcias que se apresentam diariamente e que nos amedrontam e nos fazem descrer do futuro. Felizmente ainda não desacreditei totalmente que mesmo na noite mais escura há sempre uma luz que indica que ainda haverá uma réstea de esperança!

     
  • At 12:36 AM , Blogger Dad said...

    Pois...
    E agora vamos lá ver o que se segue...
    Haverá ilacções a tirar do que aconteceu ontem? Serão bem digeridas?É preciso olhar para dentro, com coragem...

     
  • At 1:40 PM , Anonymous Osvaldo said...

    Com ou sem Perfil, preparem-se porque vamos ter que o aturar e aguentar com ele uns bons anitos.
    Mas, a verdade seja dita, (a minha verdade) não sei onde se poderá encontrar alguém PERFILado para o posto.
    A continuar assim é melhor lá voltar a pôr o Rei Don Duarte. Pelo menos esse não chateia e até está sempre bem disposto e sempre é primo de muitos reis por essa Europa fora. Quem sabe os primos dão uma ajudazinha e nos fazem a todos "bobos da Corte" em vêz de "Zé Pagode" do (des)Governo actual que é um desastre. Pior que isto só um "Tsunami".

    Áh,... sejas bem-vindo

    Um abraço
    Osvaldo

     
  • At 1:29 AM , Anonymous jc said...

    São todos iguais.Todos viveram e vivem da politica...já viram algum politico desempregado?

     
  • At 4:09 PM , Blogger A Sonhadora said...

    Ora bem...cá ficámos com o Homem do Bolo Rei...na presidencia!!!
    para quê mais comentários...
    nós todos temos a memória curta, para o bolo rei...e outras coisas..
    falamos...falamos...falamos, mas à boca das urnas é o que se vê!!!
    ganha à primeira...
    tenho pena de estar aqui...
    com tanta ferroada, daqui a pouco dá-me o triste pio...

     

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home

Norberto MacedoLembranças de Outono

Powered by Blogger

Subscribe to
Posts [Atom]